Saiba quem é Pedro Almodóvar e conheça a sua obra

Um cineasta tão repleto de obras marcantes que, se você perguntar “Qual é seu filme preferido dele?” para dez fãs, pode acabar recebendo dez respostas diferentes. Você deve conhecer seus longas-metragens mais famosos — Fale com Ela, Tudo Sobre Minha Mãe, Má Educação, Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos… —, mas sabe quem é Pedro Almodóvar e por que ele é tão celebrado?

Apesar de ter feito filmes tão diferentes quanto Kika e Os Amantes Passageiros, o diretor espanhol Pedro Almodóvar é dono de um estilo forte e muito único que aparece ao longo de toda a sua carreira.

Quando começou a trabalhar com cinema, na década de 70, Almodóvar ainda era conhecido somente na Espanha. Foi com A Lei do Desejo, lançado em 1987 e vencedor do prêmio de melhor filme no Festival de Berlim, que ele começou a ganhar o mundo.

Quer saber quais são as principais características do estilo inconfundível de Almodóvar? Continue a leitura e mergulhe no mundo apaixonado e colorido do cineasta.

Intensidade, drama e paixão

Se a paixão, a intensidade e o drama são qualidades fortemente associadas ao cinema espanhol, grande parte da responsabilidade é de Almodóvar. Essas características aparecem nos filmes do diretor por meio de cores fortes — o vermelho é obrigatório e reina absoluto —, da trilha sonora e dos ângulos diferenciados de filmagem.

Capaz de moldar seu estilo familiar de formas que soam inovadoras a cada obra, Almodóvar conseguiu conceber por meio de seus filmes um universo próprio, um mundo com regras específicas em que as emoções vivem à flor da pele e explodem em um êxtase de tons vibrantes, acordes intensos e atuações apaixonadas.

Mulheres no centro de tudo

Nesse mundo concebido por Almodóvar, as mulheres são as rainhas. A grande maioria de seus filmes têm protagonistas femininas, e em todos elas aparecem com força.

Tanto em sua criação quanto nos antigos filmes hollywoodianos que adorava, Almodóvar cresceu cercado por mulheres — figuras que o diretor descreve como alegres, falantes, intensas e batalhadoras. Ele sempre se identificou com essas mulheres e, portanto, dar o palco a elas em seus filmes foi natural.

Parcerias de longa data com astros e estrelas espanhóis

Almodóvar trabalha frequentemente com os mesmos atores e atrizes e, ao longo de sua carreira, foi responsável por levar muitos espanhóis ao estrelato.

Sua parceria mais conhecida talvez seja a com Antonio Banderas, que dirigiu em filmes como Ata-me!, A Pele que Habito e Dor e Glória — o último foi responsável por render a Banderas sua primeira indicação ao Oscar de melhor ator.

O diretor também trabalhou frequentemente com Penélope Cruz, Marisa Paredes, Cecilia Roth e Carmen Maura. Hoje, uma das maiores estrelas do cinema mundial, Penélope começou a ser reconhecida fora da Espanha no filme Carne Trêmula, lançado por Almodóvar em 1997.

De origem humilde, Pedro Almodóvar nunca conseguiu estudar cinema — mas isso não o impediu de seguir em frente com o sonho de contar histórias. Roteirista de todos os filmes que dirige, ele se tornou o primeiro espanhol a ser indicado ao Oscar de melhor direção e, definitivamente, já deixou seu nome marcado na história do cinema.

Então, gostou de conhecer quem é Pedro Almodóvar e de entender por que seus filmes são tão celebrados? Deixe um comentário abaixo contando qual é sua obra preferida do diretor!

*Foto destaque, frame do filme Volver. 


Deixe seu e-mail e receba

Convite para eventos gratuitos, entrevistas e dicas, promoções e descontos


Pentagrama Consultoria e Sistemas