Carreira de cinema: descubra como se tornar documentarista

Você já pensou em produzir um documentário? Este ramo vem crescendo cada vez mais no Brasil. No ano de 2016 foram lançados (oficialmente) 44 documentários e em 2017 foram 60, mostrando o quão consistente esse gênero vem se apresentando.

Neste texto, vamos mostrar como iniciar sua carreira como documentarista no Brasil e aproveitar a oportunidade de crescer na área. Então, não deixe de acompanhar a leitura a seguir.

O que é um documentário

Para compreender o que um documentarista faz, é preciso, primeiramente, entender o que é um documentário. Ele consiste, basicamente, em um filme que apresenta um ponto de vista de uma realidade, de uma situação ou de um conceito — sempre com caráter não ficcional.

Entretanto, é um gênero de conceito vago. Ele é relativo: cada documentarista o descreveria de forma diferente. De acordo com Bill Nichols — um teórico conhecido como fundador do estilo contemporâneo do documentário — é impossível definir esse gênero.

Apesar das divergências na definição, um documentário também apresenta caráter interdisciplinar. Diversas áreas do conhecimento podem se encontrar em uma obra: por exemplo, um ator pode falar sobre a indústria das telenovelas, um geocientista pode relatar os processos de mudanças na Terra, um empresário pode narrar as situações no mundo dos negócios, entre outros.

O que faz um documentarista

Um documentarista nada mais é do que alguém que se interessa pelas pessoas e por suas histórias. Ele é capaz de identificar pequenos fatos e ligá-los em uma grande narrativa, de modo a passar uma mensagem para quem assiste à obra.

Quando se produz um filme ficcional, há um roteiro previamente orientado. Já em um documentário, isso nem sempre acontece. O roteiro existe, mas muitas vezes, perde-se no meio da produção e precisa ser reescrito ao final das gravações. Quem o realiza parte de um ponto, mas sem saber aonde pode chegar.

Tecnicamente falando, esse profissional é alguém que tem uma ideia, pesquisa o máximo que puder sobre esse assunto, registra suas pesquisas e as organiza em um formato narrativo. Existem algumas funções durante esses processos, das quais falaremos um pouco mais no tópico a seguir.

As funções na produção

Assim como em qualquer produção audiovisual, existem diversas funções na realização de um documentário. Geralmente, o próprio documentarista realiza a maioria dos processos, já que um documentário se dá bastante pelo reflexo intrapessoal do criador. Entretanto, serão abordadas as principais funções dentro de um projeto de audiovisual no próximo tópico, para fins de maior entendimento.

Produtor executivo

O produtor executivo é a pessoa que faz tudo acontecer, é quem corre atrás dos profissionais, do financiamento e do desenvolvimento geral da ideia. É uma função muito importante, como se fosse o alicerce da construção. Sem a organização de um produtor, a realização de um documentário ficaria bem mais complexa.

Pesquisador

Uma das partes mais importantes de uma obra não ficcional é a pesquisa. Por isso, ter a ajuda de um pesquisador é fundamental. Ele é responsável por conseguir a maior parte das informações sobre o tema e as entrevistas — ao lado do produtor.

Esse profissional, entretanto, pode ter diversas atuações. Geralmente, são pessoas com um grande networking. Por isso, a função costuma ser realizada pelo próprio documentarista ou pelo produtor.

Roteirista

Diferentemente do que muitos pensam, um documentário tem um roteiro. A parte escrita é essencial para todo tipo de trabalho audiovisual. Assim como a base da parte executiva vem do produtor, a base da história contada vem do roteiro.

Para contar uma história, é necessária uma ordem, a fim de que o espectador final entenda a mensagem. Por mais que esse tipo de obra use fatos já existentes, sem o trabalho do roteirista, pode ser confuso.

Diretor de fotografia

Esse profissional é responsável pela fotografia e costuma estar presente durante toda a produção, ao lado do documentarista. O diretor de fotografia consegue transmitir a ideia do criador da obra pensando através da câmera.

Operador de câmera

Trabalhando com o diretor de fotografia, o operador de câmera é responsável pela captação da imagem e pelos equipamentos envolvidos. Ele tem maior intimidade com as câmeras e está sempre pronto para captar da melhor forma as cenas, sendo guiado pelo diretor.

Editor de som

Uma das etapas finais é a edição de som. Assim como o diretor de fotografia é o responsável pelos elementos visuais, o editor de som trabalha com o áudio. Ele é responsável pela masterização das filmagens captadas e pela adição da trilha sonora e/ou musical.

As competências necessárias

Como mencionado anteriormente, um documentarista precisa ter um pouco de cada uma das funções citadas. Afinal, um documentário é uma visão muito íntima de quem o cria. De tal modo, esse profissional deve ter também algumas competências gerais.

Primeiramente, é possível dizer que o documentarista é um grande pesquisador. Não apenas sobre suas ideias, mas sobre a história do documentário em si. Inclusive, a melhor forma de começar a se capacitar é estudando a trajetória dos documentários.

Em seguida, são necessárias algumas capacidades técnicas, como as citadas nos tópicos anteriores, para a parte produtiva. Para isso, existem várias possibilidades de cursos e workshops para conseguir experiência.

O caminho para se tornar um documentarista

Depois de aprender o que é e como funciona um documentário, o próximo passo é saber como se tornar um documentarista. Para isso, o caminho mais comum, para iniciar sua carreira, é a realização de cursos na área. A Academia Internacional de Cinema (AIC) conta com cursos na área, com atividades práticas e teóricas, que proporcionam uma visão do gênero documental e de suas principais linguagens.

Nestes cursos, você coloca a mão na massa e realiza um documentário de verdade, aprende sobre a história, a técnica e a linguagem do gênero. Tudo isso somado a um grande corpo docente capacitado que só agregará experiências audiovisuais ao seu repertório.

De acordo com o que foi visto durante o texto, para se tornar documentarista, é necessário pensar em vários pontos, desde a capacitação profissional até a obra final — e nisso a AIC pode te ajudar, além de melhorar o seu currículo!

Gostou de saber como se tornar documentarista? Então, não deixe de entrar em contato com a AIC para se informar mais sobre os cursos oferecidos.


Deixe seu e-mail e receba

Convite para eventos gratuitos, entrevistas e dicas, promoções e descontos