10 produtoras de cinema brasileiras que você deve conhecer!

Você sabe qual é a função das produtoras de cinema? São elas as responsáveis por produzir filmes e selecionar ideias de filmes — ainda no roteiro ou em projetos-piloto — que vão receber incentivo financeiro. Além disso, se abraçado por uma produtora de renome, um filme está mais propenso a conseguir meios adequados de distribuição, aproximando-se do público.

Ou seja, o apoio dessas organizações avaliza uma obra, facilitando sua chegada a salas de cinema de shoppings, rua, televisão aberta e fechada e serviços de streaming como o Netflix. Sem seu apoio, grandes criações audiovisuais podem permanecer desconhecidas.

Neste artigo, você vai conhecer um pouco mais sobre a atuação dessas empresas. Vamos abordar o modo como é feita a produção e distribuição cinematográfica no Brasil e falar um pouco sobre as principais produtoras comerciais e independentes. Continue a leitura!

A produção cinematográfica no Brasil

As produções estrangeiras têm influenciado o cinema brasileiro por muitos anos e, por consequência, também os catálogos das produtoras de cinema. Essa tendência se fez sentir desde o marco inicial da nossa produção, em 1986, no Rio de Janeiro, quando foram exibidos vídeos curtos que abordavam o cotidiano de cidades europeias.

É claro que de lá para cá houve e há diversos casos de produtoras de cinema que conseguiram investir em produções nacionais e fomentar a criação tipicamente brasileira.

Como exemplos disso, podemos citar o Cinédia, primeiro grande estúdio brasileiro, que financiou obras como Alô, Brasil (1935), Alô, Alô, Carnaval (1936), Bonequinha de Seda (1936) e Pureza (1940).

Mais ou menos na década seguinte, veio a Vera Cruz, com sucessos como Este Mundo é um Pandeiro (1947) e Carnaval no Fogo (1949), seguida pela Atlântida e suas chanchadas com Grande Otelo e outros atores.

Nos anos 1960 acontece um dos nossos maiores movimentos cinematográficos de todos os tempos: o Cinema Novo de Glauber Rocha e Nelson Pereira dos Santos é, até hoje, a grande referência de criação da Sétima Arte brasileira para o mundo.

Nos anos 1980, tivemos o ápice da Embrafilme, embora tenha sido criada quase duas décadas antes. Essa produtora se destacou por viabilizar sucessos do quilate de Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976) de Bruno Barreto.

No entanto, como dissemos, a distribuição de filmes sempre foi desigual no que diz respeito ao privilégio que concedia a produções estrangeiras, em detrimento das nacionais: filmes europeus, antes da Segunda Guerra, e dos Estados Unidos, a partir do fim da década de 1940.

Hoje, embora essa desigualdade ainda persista, vivemos um momento privilegiado do mercado de cinema nacional. Tudo isso em função dos louros de produções brasileiras que rodaram o mundo, como O Beijo da Mulher Aranha (1985), os já clássicos Cidade de Deus (2002) e Tropa de Elite 2 (2010) e os sucessos recentes de público e crítica Aquarius (2016) e Bacurau (2019).

A tendência é que, toda vez que falta investimento, as produtoras se verem obrigadas a investir em obras com maior apelo comercial, visando ao posterior sucesso da sua distribuição. Isso é especialmente ruim para certos gêneros, como o documentário.

O mercado de produção audiovisual no Brasil

Pode levar algum tempo até que você se firme como profissional em tempo integral de alguma produtora ou consiga fazer com que seus filmes sejam abraçados por elas. Até lá, é provável que tenha que ter outros empregos ou que atue como freelancer.

Seja como for, o principal é ter foco. Por exemplo, deixe claro aos contratantes que você está em busca de um cargo ou habilidade específica (assistente de direção, operador de câmera, ator ou roteirista) e evite se candidatar a vagas que fujam dos seus planos profissionais.

Boa parte das contratações feitas pela indústria se baseiam em indicações ou networking. Na Academia Internacional de Cinema, por exemplo, recebemos contato de diversos contratantes ou produtoras buscando por profissionais específicos, entre alunos e ex-alunos.

Logo, seja assíduo em cursos e atividades que vão colocá-lo em contato com boas oportunidades de colocação profissional na área de cinema. Buscar especialização também é uma ótima ideia!

10 produtoras de cinema para você conhecer

Não foi fácil fazer uma seleção com apenas 10 opções. O Brasil é bem servido de produtoras de cinema, tanto as comerciais quanto as independentes.

Veja, abaixo, um pouco das especificidades de cada uma, o que vai ajudá-lo na hora de enviar currículos ou se cadastrar para alguma vaga. Boa parte delas se localiza no sudeste, mas incluímos também algumas exceções.

Conspiração Filmes

A Conspiração é uma produtora de tamanho considerável, para os padrões brasileiros. Sua área de atuação é muito diversificada, envolvendo Cinema, Publicidade, TV, criação de conteúdo corporativo e outros.

Essa diversificação pode significar muito aprendizado e experiência para quem trabalhar lá. Tem sedes no Rio de Janeiro, em São Paulo e na cidade de Betim, próxima a Belo Horizonte.

O2 Filmes

A O2 Filmes é a produtora independente brasileira responsável por obras como Cidade de Deus (2002) e Ensaio Sobre a Cegueira (2008), adaptação para cinema do livro homônimo de José Saramago, ambos do diretor brasileiro Fernando Meirelles. Está presente no Rio e em São Paulo.

Bananeira Filmes

Essa produtora é mais conhecida pelo nome de sua fundadora, Vânia Catani. Ela é membro da Academy of Motion Picture Arts and Science, academia norte-americana responsável pela produção do Oscar, premiação cinematográfica mais conhecida do mundo.

A principal característica da Bananeira é investir em produções independentes de qualidade artística inquestionável.

LC Barreto Filmes

Responsável por sucessos como Dona Flor, O Quatrilho (1996) e O Que É Isso, Companheiro? (1998), a LC Barreto Filmes nasceu da sociedade de Lucy, Luiz Carlos e Paula Barreto. A produtora está sediada no Rio de Janeiro, mas tem escritórios espalhados pela América Latina, com projetos no Equador, por exemplo.

Dezenove Produções

Dentre outras desta lista, a Dezenove é uma das mais recentes. Fundada em 1991 por Sara Silveira, Maria Ionescu e Carlos Reichenbach, a produtora produz longas para o mercado brasileiro e internacional.

Descoloniza Filmes

Como o nome indica, a Descoloniza se propõe “descolonizar o pensamento”, nas suas próprias palavras. Fundada por Beatriz Seigner (formada pela AIC) e Ibirá Machado, a produtora privilegia criações feitas por mulheres, fora do eixo de Estados Unidos e Europa Ocidental e com temáticas disruptivas.

Canal Curta!

O Canal Curta! é um canal de TV, mas também uma produtora independente com um catálogo ligado diretamente às artes e humanidades. Recebeu o título de “superbrasileira” pela Ancine, e a composição do seu quadro tem maioria de mulheres.

Alumbramento

Importante produtora independente do Ceará, a Alumbramento teve o filme Estrada Para Ythaca (2010) premiado no Festival de Cinema de Tiradentes daquele ano.

Encerrou suas atividades em março de 2019, depois do lançamento, em coprodução com a Bananeira Filmes, da obra O Último Trago. Sua trajetória foi marcada pela produção coletiva, independente e pelo questionamento político da realidade brasileira.

Novelo Filmes

A Novelo é uma produtora independente sediada em Florianópolis e nasceu da sociedade entre Ana Paula Mendes, Cíntia Domit Bittar e Maria Augusta V. Nunes. Uma de suas principais realizações é o longa Quebranto (2014), grande vencedor do Edital Catarinense de Cinema daquele ano.

Taiga Filmes

Fundada por Lúcia Murat, nos anos 1980, a Taiga Filmes já produziu videoclipes, curtas e longas ao longo dos seus quase 40 anos. Produziu também a série Testemunho, sobre personagens icônicos da História do Brasil.

Embora pouco lembradas pelas pessoas que não trabalham no ramo audiovisual, as produtoras têm valor inestimável na valorização dos filmes brasileiros. Além disso, elas são responsáveis por levar esses filmes ao grande público, por meio de contratos com distribuidoras e outros.

Banner-de-cursos-de-cinema

Que tal entrar em contato com a AIC e conhecer nossas opções de cursos? São muitos os nossos alunos e ex-alunos que hoje trabalham em produtoras ou têm seus filmes aprovados por elas!


Deixe seu e-mail e receba

Convite para eventos gratuitos, entrevistas e dicas, promoções e descontos


Pentagrama Consultoria e Sistemas