Vencedores do Filmworks Film Festival 2014

Vestido cinza florido e sorriso no rosto. Foi assim que Andressa Matias Carvalho recebeu um dos prêmios mais importantes do

Equipe do filme "Raiz", prêmio de Melhor Filme e Júri Popular no Filmworks Film Festival 2014.

Equipe do filme “Raiz”, prêmio de Melhor Filme e Júri Popular no Filmworks Film Festival 2014.

Filmworks Film Festival, o de Melhor Filme. Cheia de humildade e carisma, a primeira coisa que fez quando pegou o microfone foi pedir para que toda a equipe chegasse ao palco. “Esse prêmio não é só meu. Cinema é um arte em equipe e a feitura do filme só se dá no contato com o outro”, disse, antes de passar o microfone para que todos se manifestassem.

Raiz”, o curta vencedor que conta a história de um casal de idosos que mora em uma casa ameaçada por uma frondosa árvore, também foi bem aceito pelo público, ganhando o prêmio de Júri Popular.

Em sua 5ª edição, o Filmworks Film Festival – o festival exclusivo da Academia Internacional de Cinema (AIC), premiou os melhores filmes produzidos por alunos e ex-alunos do FILMWORKS, o curso técnico de Direção Cinematográfica. Ao todo foram 11 troféus entregues na cerimônia de premiação que aconteceu hoje de manhã, no Reserva Cultural.

urna_juri-popular_votacao_web“O Filmworks Film Festival simula, dentro dos parâmetros acadêmicos, um festival profissional de nível internacional, no qual os alunos devem respeitar uma série de regras pré-estabelecidas. Nesta edição participaram 26 filmes, e mesmo sendo exercícios acadêmicos, todos apresentaram uma grande qualidade. Além disso, os alunos se mostraram capazes de produzir bons filmes com ainda mais dificuldades que em um set profissional, já que tinham pouco tempo de produção, baixo orçamento e nem sempre uma equipe ideal”, disse o coordenador da AIC, Franthiesco Ballerini.

Os Vencedores

Olhar de um Dia”, de Felipe Terra, ficou com dois prêmios, o de Melhor Direção e Melhor Montagem, feita pelo aluno Caetano Grippo. Gustavo Garbatto, produtor da Casa da Sogra, entregou o troféu para Felipe e ressaltou a importância de ter um bom montador: “Não é uma missão fácil montar um filme e tem se tornado um desafio cada vez maior ao longo dos anos, quando o universo digital produz uma quantidade imensa de material bruto, fazendo com que o montador tenha que escolher a melhor sequência dentre centenas. É como separar a árvore mais bela de uma floresta inteira”, disse. Já o professor Cláudio Gonçalves, que entregou o prêmio de Melhor Direção para Felipe, fez questão de elogiar o ex-aluno e contar para a plateia como o olhar autoral dele se desenvolveu ao longo dos anos.

Todos os vencedores que estavam presentes na cerimônia de premiação da quinta edição do FWFF.

Todos os vencedores que estavam presentes na cerimônia de premiação da quinta edição do FWFF.

Sete Oito” também ficou com dois prêmios, o de Melhor Roteiro, para Luciana Lemos e Melhor Atriz, pela atuação de Sol Faganello. Ao receber o prêmio, a atriz agradeceu a equipe e contou que foi prazeroso se entregar ao trabalho por conta da sinergia da equipe toda.

O prêmio de Melhor Direção de Arte foi para Jakelyne Lechinewski, pelo filme “Fractais”. O de Melhor Som foi para Luciana Lemos e Leonardo Prioli, por “Amor S/A”. Melhor Fotografia para Alexandre Coelho Calado, pelo filme “½ KG”. Henrique Larré, ganhou o troféu de Melhor Ator, por sua atuação em “Desconsolo” e “Olho de Peixe” ficou com o prêmio New Vision, prêmio para filmes feitos no primeiro semestre do curso.

Ao longo das próximas semanas iremos soltar uma entrevista com cada um dos ganhadores. Não deixe de acompanhar nas redes sociais. 

Os Prêmios

3 baixaNeste ano, além dos troféus distribuídos aos vencedores, todas as categorias receberam prêmios. O vencedor de Melhor Filme levou 3 diárias de câmera e kit oferecidos pela Universo Imagens. Melhor Direção de Arte recebeu uma diária de colour correction da Cinecolor; o vencedor de Melhor Montagem levou um prêmio de finalização recebido pela Casa da Sogra; o Melhor da categoria New Vision levou kit de livros e ingressos cedidos pelo Reserva Cultural; Melhor Fotografia ganhou crédito de 4 mil reais na Locall; o Melhor Roteiro ganhou duas assinaturas da Revista Preview; Melhor Diretor 3 diárias de Black Magic e kit completo cedidos pela EliteCam; o eleito pelo Júri Popular ganhou um trainee remunerado na Papaya Filmes e o vencedor de Melhor Filme ganhou um trainee remunerado na Conspiração Filmes.

Melhor que os prêmios e os troféus foi que todos os 26 filmes exibidos arrancaram aplausos da plateia e receberam boas críticas de um júri que incluiu reconhecidos cineastas, jornalistas e profissionais de cinema.

 *Fotos de Dani Botelho