“Um Filme de Verão”, da professora Jô Serfaty, recebe prêmio de montagem na Mostra de Tiradentes

Um Filme de Verão, longa-metragem de estreia de Jô Serfaty, professora de direção do Filmworks e do curso de Cinema da Academia Internacional de Cinema (AIC), saiu vencedor da 22ª Mostra de Tiradentes. Recebeu o prêmio Helena Ignez 2019, oferecido pelo Júri da Crítica a um destaque feminino da Mostra.

A homenageada foi a montadora do filme, Cristina Amaral, elogiada pelo Júri pelo trabalho de excelência: “que se constrói com precisão de olhar e fluidez entre os planos, como uma voz e presença ímpar na montagem cinematográfica, que atravessa mais de 30 anos no cinema brasileiro como uma potência que se reitera e atualiza numa execução brilhante”.

Jô Serfaty conta que a estreia em Tiradentes foi especial: “Este foi melhor espaço onde o filme poderia ter se lançado no mundo. O festival procura exibir filmes com um caráter mais experimental, menos narrativo, que buscam experimentar com outras linguagens. Além de ser um festival que promove mais o debate e a troca do que a competição”.

A diretora também fala sobre o prêmio e o reconhecimento ao trabalho da montadora Cristina Amaral: “Ela tem percorrido uma trajetória singular, sólida e extremamente inventiva como mulher e montadora no cinema brasileiro, atravessando algumas gerações no cinema. Não se deixando engessar, mas reinventando seu olhar diante de outras linguagens”.

O filme é sobre quatro jovens da periferia carioca de Rio das Pedras que, durante as férias escolares, enfrentam um verão de 40 graus. Imersos nos fios emaranhados que cobrem o céu da favela e os súbitos apagões, estes adolescentes saem em busca de saídas inventivas para escapar de uma cidade em crise.

Outros professores da AIC também fizeram parte da equipe, como o coordenador do Filmworks Isaac Pipano, que colaborou no roteiro; Pedro Pipano, que assina a fotografia; Ricardo Fogliatto, preparador de elenco e colaborador no roteiro; Guilherme Farkas, som direto e mixagem; e Lucas de Andrade, assistente de montagem e montador adicional.

A 22ª Mostra de Cinema de Tiradentes aconteceu entre os dias 18 e 26 de janeiro, transformando a cidade histórica mineira na capital do cinema brasileiro. Ao longo de nove dias, foram exibidos mais de 100 filmes, em 49 sessões, além de debates, performances artísticas, apresentações musicais e oficinas, que este ano contaram com a participação da AIC.

Foram três oficinas: Oficina de Produção para Cinema, com a professora Alessandra Haro, Oficina de Interpretação para Cinema e TV, com a professora Isadora Ferrite, e Oficina de Roteiro para Cinema, com Renata Mizrahi.


Deixe seu e-mail e receba

Convite para eventos gratuitos, entrevistas e dicas, promoções e descontos