Tata Amaral fala sobre a série “Causando na Rua”

A cineasta Tata Amaral abriu a Semana de Orientação –  da Academia Internacional de Cinema (AIC) – em São Paulo e, além do bate-papo com os alunos, que lotaram o estúdio da escola, ela exibiu episódios da série documental “Causando na Rua”.

“Sempre desfrutei muito das ruas, da cidade e dessa vontade, de documentar experiências na rua. A série de 13 episódios traz artistas de rua, performances que problematizam, ativismo artístico. Cada episódio traz uma reflexão sobre as diversas formas de ressignificação do espaço público por meio do registro de propostas destes artistas socialmente responsáveis”, conta Tata.

A cineasta também contou que a segunda temporada da série está sendo finalizada. “Esse projeto é infinito. O Brasil é um país que tem muitos coletivos, eles não só atuam na cidade, como elaboram reflexões de uma forma muito perspicaz, contundente e trazem essas discussões para quem está passando. São grupos incríveis que além de fazerem um trabalho não remunerado, estão ali dispostos a um embate, provocando, no melhor sentido, a nossa vida na cidade”, conta.

Tata também falou dos novos projetos, como o seu novo longa, “Sequestro Relâmpago”, que traz no elenco Mariana Rui Barbosa e tem previsão de lançamento em outubro.

Seu recado para os estudantes de cinema foi para quem mantenham sempre a integridade. “Vocês precisam se dedicar a contar novas histórias e colaborar para construir nossa cultura”.

A Semana de Orientação abre o ano letivo da AIC, acontece nas duas unidades (São Paulo e Rio de Janeiro) e é um evento gratuito e aberto ao público.

*Fotos Alê Borges