Retrospectiva 2017

Mais um ano chegando ao fim. 2017 foi um ano de intensa produção nas duas unidades da Academia Internacional de Cinema (AIC): São Paulo e Rio de Janeiro. Teve muito curta-metragem e documentário saindo do forno, prontos para fazer carreira nos festivais desse mundão. Também teve produção, direção de arte, roteiro, atuação e muito debate, bate-papo e arte. O público pediu e a AIC atendeu, lançamos cursos novos e trouxemos grandes nomes para os já tradicionais eventos, fortalecendo a contínua conversa sobre a prática do cinema. Ficou de fora em 2017? Corre que em 2018 tem muito mais.

Quem esteve na AIC – Conversas sobre Cinema

Na Semana de Orientação, evento que abre o ano letivo da escola, muita gente bacana. Em São Paulo a cineasta Marina Person (Califórnia) fala sobre os desafios da carreira no cinema, Beto Brant (O Invasor) conta sobre seu documentário “Pitanga” e Marçal Aquino sobre a arte de contar histórias. No Rio de Janeiro José Luiz Villamarim fala sobre “Redemoinho”, seu primeiro longa-metragem além das diferenças entre cinema e televisão. Wagner Moura conta sobre sua estreia como diretor em filme sobre Marighella e Emília da Silveira sobre seus documentários e a ditadura.

Kevin Macdonald
O diretor escocês Kevin Macdonald, premiado por sucessos como “O último rei da Escócia”, na AIC, em junho de 2017.  Foto: Alê Rocha

Em maio o diretor escocês Kevin Macdonald, premiado por sucessos como “O último rei da Escócia” e os documentários “Being Mick” e “Marley”, ministra aula aberta e gratuita na AIC Rio de Janeiro e fala sobre questões fundamentais na direção de documentário e ficção.

Em junho acontece a Semana de Cinema e Mercado. Em São Paulo o evento conta com a participação da cineasta Laís Bodanzky falando sobre “Como Nossos Pais” e Caio Gullane dá uma aula sobre gestão de projetos audiovisuais. No Rio de Janeiro Ilda Santiago traz um pouco da rotina do Festival do Rio e Fellipe Barbosa e Clara Linhart mostram fotos e contam sobre a produção de “Gabriel e a Montanha”. Para fechar a semana, nas duas unidades, um bate-papo de mulheres cineastas sobre a presença feminina no Cinema Brasileiro. Em São Paulo o debate é mediado pela diretora assistente e produtora Lara Lima e composto pela diretora Jéssica Queiroz, a atriz americana Britt Harris e a roteirista e diretora Maria Clara Escobar. No Rio de Janeiro as convidadas são a distribuidora Priscila Miranda, a diretora de fotografia Andrea Capella e a diretora do Festival Internacional de Cinema Feminino, Paula Alves. Dá para sentir um pouquinho do clima do bate-papo assistindo o vídeo.

A parceria entre a Academia Internacional de Cinema (AIC), a Escola de Artes da Universidade de Columbia e o Columbia Global Centers | Rio de Janeiro trouxe para o Brasil o ex-diretor de programação da Film Society do Lincoln Center e do Festival de Cinema de Nova York, Richard Peña, para a aula aberta e gratuita sobre o cinema independente de Maya Deren.

 

Filmes, Festivais, Estreias e Eventos        

O ano começa bem com a estreia mundial de “Sem Raiz”, do professor Renan Rovida, na Mostra de Tiradentes e o documentário “City of The Sun”, editado pelo ex-aluno Ramiro Suárez, selecionado para o 67º Festival Internacional de Cinema de Berlim.

Richard Pena Centenário Maya Deren Academia Internacional de Cinema (AIC)
Richard Pena, professor da Univeersidade da Columbia, em aula especial em comemoração ao Centenário da cineasta Maya Deren na Academia Internacional de Cinema (AIC).  Foto: Alê Borges

Piano forte, da aluna Anabela Roque, estreia internacionalmente no 26º Arizona International Film Festival e curtas documentários feitos por alunas e alunos da AIC discutem o empoderamento da mulher negra. “Olhos de Argila”, curta que conta com a direção de fotografia do ex-aluno Luiz Augusto Moura, recebe o prêmio ABC de Melhor Direção de Fotografia Estudantil.

Em junho acontece mais uma edição do Filmworks Film Festival, o festival de cinema exclusivo da AIC, premiando filmes dos alunos em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Demônia”, curta de Cainan Baladez e Fernanda Chicolet que leva a assinatura dos professores Roney Freitas na Produção Executiva, Dicezar Leandro na Direção de Arte e André Luiz de Luiz na Direção de Fotografia, recebeu sete prêmios no 40º Guarnicê Festival de Cinema: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Roteiro, Melhor Trilha Sonora, Melhor Atriz, Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante.

Acontece o primeiro workshop “Como Ser um Youtuber” em parceira com o canal Pipocando, professores e alunos são selecionados para o Festival de Curtas de São Paulo, para o Festival de Brasília e para a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

A ex-aluna Jéssica Queiroz recebe dois prêmios no Festival de Brasília com o elogiado curta “Peripatético”. “Pontos de Vista” da aluna Isa Meneghini é selecionado para festivais e ganha prêmio de Melhor Roteiro em Bento Gonçalves e “Piano Forte” segue carreira em mais de 10 festivais.

A AIC também apoia o Festival do Minuto e a 17ª Goiânia Mostra Curta oferecendo bolsas de estudo para os vencedores.

Novos Cursos

Alguns novos cursos foram lançados: Formação livre em edição, Atuação para cinema e TV TEENS – Férias, Direção de atores para cinema – Férias e, destaque especial para dois novos cursos: Técnico em Atuação para Cinema e TV, onde ao longo de dois anos o aluno participa de inúmeros exercícios práticos e atua em doze projetos cênicos gravados em set de filmagem profissional, com orientação individual de alguns dos melhores atores e diretores do Brasil e o Curso de Roteiro Online, que inaugurou a nossa Escola de Cinema Online.

Artigos com ainda mais Conteúdo

Em 2017 também colocamos no ar o novo site da escola, com informações dispostas de forma mais organizada. Um site mais leve, dinâmico, com uma navegação simplificada, com menus divididos por área do cinema e 100% responsivo – adaptado para carregar em qualquer tamanho de tela.

Peripatético, da ex-aluna Jéssica Queiroz, ganha dois prêmios no Festival de Brasília
Peripatético, da ex-aluna Jéssica Queiroz, ganha dois prêmios no Festival de Brasília. Foto Humberto Araujo – Festival de Brasilia

No site novo uma nova sessão com conteúdos educativos, com dicas profissionais e de acesso livre e aberto para a comunidade. A sessão começou com uma série de reportagens sobre profissões de cinema, esmiuçando áreas especificas do audiovisual. Cada reportagem ampliou ainda mais a proposta de manter a discussão sobre cinema e trouxe informações importantes sobre cada profissão. Confira alguns dos artigos mais lidos do ano:

Quero Ser Roteirista
Quero Ser Diretor de Fotografia
Quero fazer documentário
Quero trabalhar com som no cinema
Quero ser ator de cinema
Quero ser diretor de cinema
Quero ser diretor de arte
Quero ser editor de cinema
Como Fazer um Roteiro

*Foto Destaque: Ricardo Aleixo.