Gui Tensol, ex-aluno da AIC, dirige videoclipe premiado

Um jovem se envolve em um crime e lida com a culpa por ter traído seu amante. Essa é a premissa do videoclipe da música Procure, do rapper Rico Dalasam, que estreia esta semana no YouTube. O clipe, que aborda questões como violência e relações homoafetivas, tornou-se um premiado curta-metragem nas mãos do diretor e roteirista Gui Tensol, ex-aluno da Academia Internacional de Cinema (AIC).

Procure é o resultado de meu encontro pessoal com um ser humano extraordinário, o rapper queer Rico Dalasam. Negro e homossexual, ele enfrentou muitas adversidades e preconceitos antes de chegar ao estrelato”, conta o cineasta. “Inspirados por sua biografia visceral, exposta de maneira poética na letra da música, criamos uma narrativa cinematográfica; não do ponto de vista de Rico, mas de seu ex-amante Talles”.

Na história, Talles (interpretado por Talles Paz) é o protagonista que trabalha com Ricardo (Rico Dalasam) no setor de carregamentos de um porto. Eles têm uma relação amorosa, mas Ricardo não sabe do envolvimento do amante com uma quadrilha de traficantes. Quando as coisas saem do controle e o segredo vem à tona, as consequências são devastadoras para os dois. Em uma trama não linear, que transita entre as lembranças tortuosas de Talles e a preparação de Rico para um show, o espectador vai descobrindo as nuances de uma história ao mesmo tempo delicada e trágica.

 

 

“Quando Talles trai Ricardo, ele boicota sua própria felicidade”, explica o diretor, que vê no curta-metragem um trabalho complexo, já que o roteiro é baseado em fatos reais. O foco do videoclipe não está somente em divulgar a música de Rico, mas em levantar questões importantes sobre gênero e raça em uma sociedade pós-moderna, na qual o dinheiro vale mais do que as relações humanas. “O Brasil é o país do mundo que mais mata pessoas LGBTQI nos dias de hoje e nós acreditamos que somente trazendo esse assunto à tona podemos lidar de forma saudável com isso”.

Antes mesmo de seu lançamento no YouTube, o clipe já recebeu os prêmios de Best Videoclip, no Gold Movie Awards, em Londres; Best Experimental & Outstanding Achievement: Music Film, no Calcutta Film Fest; além de fazer parte da seleção oficial do Vues d’en Face LGBT Film Fest, que acontece em março deste ano em Grenoble, na França. O curta também está no Short Film Corner, em Cannes, e no Clermont-Ferrand Short Film Market.

O diretor se diz surpreso com a repercussão positiva do trabalho. “Por se tratar de um híbrido entre curta-metragem e videoclipe, biográfico – em que o protagonista não é Rico, mas seu amante (uma escolha que não é óbvia nem segura) – tivemos receio de que o filme não fosse ‘compreendido’ em sua essência. O medo era de que a galera de cinema achasse ‘publicidade demais’ e a galera de clipe achasse ‘cult demais’. Contudo, foi exatamente nesse meio-termo que a história encontrou o melhor nicho para se expressar”, comenta. Para ele, Procure aborda perguntas fundamentais da existência humana, mas sem dar respostas prontas nem se apoiar sobre bandeiras, causas ou discussões políticas sazonais. “Nossa intenção nunca foi fazer um filme-denúncia, mas sim um drama humano”.

Entre as curiosidades da produção do videoclipe estão o fato de que a música toca em duas versões, uma delas feitas exclusivamente para o filme. Essa nova versão aparece de maneira desconstruída no curta e depois na íntegra durante os créditos. Outro detalhe é que Procure foi o primeiro conteúdo brasileiro desse gênero a ter som e imagem masterizados em Dolby Atmos e Dolby Vision.

 

 

Gui Tensol é roteirista, diretor e editor, e foi aluno da segunda turma do FilmWorks na AIC. Por seu filme Batalha de Pipas, recebeu o Staff Pick do site Vimeo e o Top 5 World Filmmaker. Ele também fez parte da equipe vencedora no Festival de Cannes com o longa Linha de Passe, além de editar e co-dirigir Magic Words, projeto vencedor de quatro Leões de Ouro em Cannes. Seu próximo projeto é um longa-metragem sobre a vida de João Blota, com o título provisório de Nóia.

 

Ficha técnica

Título: Procure | Seek
Lançamento: 16/02, às 20h, no canal www.youtube.com/ricodalasam
Gênero: Curta-metragem de ficção | videoclipe
Direção, roteiro e edição: Gui Tensol
Produção executiva: Ana Carolina Souza e Mário Di Poi
Produção: Ana Carolina Souza
Direção de Fotografia: Marcelo Brito Filho
Elenco: Rico Dalasam, Talles Paz, Marco Marfia, Cassius Getúlio
Duração: 19 minutos
Ano de produção: 2019
Produtora: Maffia.io

*Texto de Katia Kreutz e fotos divulgação 


Deixe seu e-mail e receba

Convite para eventos gratuitos, entrevistas e dicas, promoções e descontos