Estamos todos aqui recebe prêmio Especial do Júri em Gramado

O curta-metragem “Estamos Todos Aqui”, de Chico Santos e Rafael Mellim, que conta com a participação dos coordenadores Martin Eikmeier e Juliana Salazar, conquistou o prêmio Especial do Júri, na 46ª edição do Festival de Gramado. Produzido pelo Coletivo Bodoque, o filme é sobre uma jovem transgênero que, após ser expulsa de casa, tenta construir seu próprio barraco na Favela da Prainha, em Santos, mas o projeto de expansão do Porto ameaça os moradores da comunidade.

O curta, que ganhou o prêmio do público de melhor curta-metragem no Festival Mix Brasil 2017 e o Prêmio Canal Brasil na 21º Mostra de Tiradentes, foi desenvolvido a partir de depoimentos de pessoas LGBTQ de periferias de todo o Brasil, além dos próprios moradores da Favela da Prainha, que também atuaram no filme. Segundo Juliana Salazar, diretora de produção do curta e coordenadora de produção da Academia Internacional de Cinema (AIC-SP): “Foi muito intensa a relação com os moradores da favela da Prainha. Eles foram fundamentais para a realização do filme. Eu tenho muito orgulho de ter participado de um projeto como esse, que fala das minorias, que retrata um lugar de fala tão potente e tão autêntico”.

A trilha musical do filme foi composta pelo Coordenador Pedagógico da AIC-SP, Martin Eikmeier.


Deixe seu e-mail e receba

Convite para eventos gratuitos, entrevistas e dicas, promoções e descontos