Entidades do audiovisual brasileiro lançam Cartilha Antiassédio

No último dia 17 aconteceu o lançamento do “Pacto de Responsabilidade Antiassédio Sexual no Setor do Audiovisual”. No evento foram discutidas formas de identificar o assédio e apresentada uma cartilha, com o objetivo de combater e prevenir o problema.

Confira a matéria na integra no site da ANCINE .

Participaram da mesa Debora Ivanov, diretora da ANCINE; Magda Hruza (SICAV – Sindicato Interestadual da Indústria Audiovisual); Daniela Muller (Juíza em direito da mulher); Silvana Andrade (Mestre pela FGV em carreiras e trajetórias de mulheres); Mariana Souza (APRO – Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais); e Leonardo Edde (SICAV), como moderador.

A diretora da ANCINE abriu a palestra ressaltando a importância da ação. “O assédio tem sido pautado na mídia e nas redes sociais. Mas do ponto de vista das empresas, pouco se faz. É a primeira vez que vejo em nosso setor uma ação conjunta, que demandou muito tempo de construção. Entre a ideia de se construir um pacto até se realizar, foram muitos meses de trabalho”, disse.

Ivanov também salientou que a cartilha foi uma iniciativa que reuniu várias entidades do meio. “Foi necessário observar as melhores práticas do mundo, e construir alianças entre as entidades. Entidades de norte a sul do país estão assinando este pacto. Para mim, é um momento histórico do setor audiovisual”, afirmou.

Leonardo Edde, presidente do Sindicato da Indústria Audiovisual (Sicav), fez questão de lembrar de que se trata de uma cartilha, não de um conjunto de regras. “Cada empresa vai internalizar à sua maneira. O objetivo é trazer esclarecimentos e mudar uma cultura que é muito grave e ainda está enraizada na sociedade. Isso não é tarefa fácil”, reconheceu.

A Cartilha

A cartilha é fruto dos esforços de um grupo de trabalho surgido a partir da provocação ao setor feita por Antônia Pellegrino (escritora, roteirista e co-fundadora do blog da Folha de SP “Agora é Que São Elas”) e sob liderança da APRO – Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais. Entidades representativas das empresas e dos trabalhadores do segmento se uniram em torno de um Pacto de Responsabilidade Antiassédio no Setor Audiovisual. O objetivo agora é o desenvolvimento de uma série de ações visando orientar e prevenir esse tipo de atitude dentro das produtoras e nos sets de filmagem.

A elaboração da cartilha contou com a participação dos produtores e de um grupo de advogados especialistas em Direito do Entretenimento. O documento está disponível no site do SICAV. Confira aqui.

Fonte: https://www.ancine.gov.br/pt-br/sala-imprensa/noticias/principais-entidades-do-audiovisual-brasileiro-lan-am-cartilha-antiass-dio 

Foto: Ancine


Deixe seu e-mail e receba

Convite para eventos gratuitos, entrevistas e dicas, promoções e descontos