Carlos Ebert

Estudou Arquitetura na Universidade Federal do Rio de Janeiro e Cinema na Escola Superior de Cinema São Luiz, em São Paulo. É Diretor e Fotógrafo de cinema, televisão e publicidade. No final dos anos 60, participou do cinema marginal e foi câmera e diretor de fotografia de um dos filmes mais significativos do movimento, “O Bandido da Luz Vermelha” de Rogério Sganzerla. Também dirigiu “República da Traição” e fez a fotografia do “O Rei da Vela” de José Celso Martinez Corrêa e Noilton Nunes, e “Fé” de Ricardo Dias. Para a televisão trabalhou em “O Povo Brasileiro”, ganhador do Grande Prêmio Cinema Brasil de TV em 2001. Em 2003 recebeu o prêmio de Melhor Fotografia no Festival de Gramado pelo curta-metragem “Carolina”, de Jeferson De. Trabalhou nos documentários “Dia da Graça” de Thiago Mendonça e Maira Buller, “Do Luto à Luta” de Evaldo Mocarzel, e “Vlado – 30 Anos Depois” de João Batista de Andrade. Em 2007, fez a direção de fotografia do filme “A Ilha do Terrível Rapaterra” de Ariane Porto e em 2008 do documentário “Um Homem de Moral de Ricardo Dias.

 

*Foto: Rosano Mauro Jr.

Notícias relacionadas

Professores AIC na Semana da Imagem e Som de São Carlos

A coordenadora Ana Paul ministrará oficina sobre “Diálogos para Roteiro Cinematográficos” na 12ª edição da Semana da Imagem e Som de São Carlos. O evento cultural, organizado por alunos do terceiro semestre do curso de Imagem e Som da Universidade Federal de São Carlos, acontecerá entre os dias 21 e 25 de maio e tem como […]

Professores AIC na Semana ABC

Mais um ano consecutivo professores da Academia Internacional de Cinema (AIC) participam das mesas de discussão da Semana ABC, evento realizado anualmente pela Associação Brasileira de Cinematografia, que reúne profissionais das diversas áreas do cinema para debates e palestras, abertas ao público, com entrada franca e sem necessidade de inscrição (com retirada das senhas 1 […]

Academia Internacional de Cinema comemora 10 anos

Academia Internacional de Cinema comemora 10 anos

E 10 anos se passaram! São 10 anos de Academia Internacional de Cinema(AIC). Dá pra acreditar que já faz tanto tempo? Foram tantos alunos que passaram pela escola na última década e fizeram mais de 2000 filmes, muitos dos quais se destacaram em festivais nacionais e internacionais, e serviram como porta de entrada para esses […]

Professores concorrem ao prêmio ABC

Dois curtas e dois longas-metragens de professores da Academia Internacional de Cinema (AIC) concorrem ao prêmio ABC de Cinematografia, que será entregue em maio, na Cinemateca brasileira em São Paulo. Além dos professores que concorrem aos prêmios, outros participarão das mesas de discussão durante o evento. Os curtas concorrentes são: “Os Irmão Mai”, dirigido e […]