Vana Medeiros

Vana Medeiros é dramaturga, formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, na turma de 2009. É formada em Dramaturgia na SP Escola de Teatro, com coordenação de Marici Salomão, na turma de junho de 2015, e pós-graduada em Roteiro para Cinema e TV pela FAAP, com conclusão em dezembro de 2016. Cursa ainda pós-graduação em Sociopsicologia pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Entre junho e julho de 2016, esteve em cartaz com o espetáculo Onde Fica o Céu dos Suicidas?, no Estação Satyros, em São Paulo. Em 2015, ganhou o prêmio nacional Myriam Muniz de Teatro da Funarte, para a montagem de seu texto Entre o Trem e a Plataforma, que estreou em outubro de 2017 no Centro Cultural São Paulo. Em 2016, foi contemplada com o Proac Criação Literária - Dramaturgia, para desenvolver o texto Re.luto - Dramaturgia Indigente, ao longo do ano seguinte. É professora de roteiro e dramaturgia e autora do livro Guia das Séries, lançado pela editora Évora em 2014. Seu texto Desculpa - Uma Inconveniência em Seis Partes, foi o único brasileiro selecionado para integrar a conferência Women Playwrights International, que aconteceu no Chile em outubro de 2018, apresentando dramaturgias dos cinco continentes. Foi ainda selecionada para o Corredor Latino-Americano de Teatro, para montagem do mesmo texto no México, cuja estreia ocorreu em dezembro de 2017. Trabalhou durante o primeiro semestre de 2018 em um projeto de residência artística na Universidade das Artes de Estocolmo, produzindo um curta-metragem na cidade. Escreveu, ao lado de Djin Sganzerla, o longa-metragem Ocean Girl, filmado entre o Rio de Janeiro e Tóquio com finalização prevista para 2019. É criadora do Malditos Dramaturgos!, coletivo voltado para a difusão de novas dramaturgias, e co-criadora do Serie_Lab Festival, primeiro festival brasileiro voltado exclusivamente para criadores de séries de TV.