Douglas Soares

Formado em direção cinematográfica pela Escola de Cinema Darcy Ribeiro, graduando em História da Arte pela UERJ e trabalhou como assistente para diretores como Nelson Pereira dos Santos e Allan Ribeiro. Dirigiu os filmes: “Minha Tia, Meu Primo”, híbrido de documentário e ficção que participou de 20 festivais no Brasil, em 2008; “A Dama do Peixoto” (2011 - Habana Film Festival e 14ª Mostra de Tiradentes); “Contos da Maré” (2013), exibido no Uppsala Internationella Kortfilmfestival, Bosphorus Film Festival (Turquia) e no 46º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, onde foi premiado como melhor curta-metragem. Também realizou “Xale”, seu primeiro longa-metragem, que teve exibição no Festival do Rio (2016), e recebeu o prêmio de melhor direção no Festival Internacional de CineJardim (BR). "Inocentes" (2017), com estreia no 50º Festival de Brasília, é seu último filme.