Damião Lopes

Formado em Engenharia de Som pela The New School University, Nova York/EUA. Foi engenheiro assistente no TMF Studios em Nova York entre os anos de 1997 e 1999, trabalhando com gravação e mixagem de música. No Brasil, trabalhou na Rob Filmes como editor de som, mixador e restaurador de áudio. Em 2000, fundou junto com seus sócios o Estúdio Garimpo, onde por 10 anos. Entre 2008 e 2011, foi mixador do CTAv – Centro Técnico Audiovisual do Ministério da Cultura. Em 2010, fundou seu próprio estúdio, Eufonia Pós-Produção de Áudio onde realiza trabalhos de edição de som e mixagem 5.1. Vem trabalhando com diretores como Joel Pizzini (Mr. Sganzerla, 2011), Walter Lima Jr. (MPB de Câmara, 2012), Julio Bressane (Educação Sentimental, 2012), Karin Ainoüz (Domingo, 2014), Pedro Asbeg (Democracia em Preto e Branco, 2014), Ruy Guerra (Aos Pedaços 2019).

Notícias relacionadas

Roney Freitas e Cristiano Burlan no Festival de Brasília

Roney Freitas e Cristiano Burlan no Festival de Brasília

A 49º edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro vai contar com o trabalho de dois professores da Academia Internacional de Cinema (AIC): o curta-metragem intitulado “DEMÔNIA – melodrama em 3 atos”, produzido por Roney Freitas, professor do curso Filmworks, com direção de Fernanda Chicolet e Cainan Baladez e o longa-metragem “Estopô Balaio” dirigido […]