The Russian Woodpecker vence Melhor Documentário Internacional no Sundance Film Festival

Equipe do documentário:Ram Devineni (Produtor), Chad Gracia (Diretor), Marina Orekhova (Produtora Associada), Fedor Alexandrovich (Protagonista), Artem Ryzhykov (Câmera).

“The Russian Woodpecker”, um filme de Chad Garcia, produzido por Mike Lerner e Ram Devineni, sócio-conselheiro da Academia Internacional de Cinema (AIC), foi o grande vencedor do prêmio de Melhor Filme conferido pelo júri no festival de Sundance neste fim de semana.

“Merecidamente destacado por muitos como o mais impactante e inventivo documentário no Sundance este ano”(The Hollywood Reporter), The Russian Woodpecker acompanha o excêntrico artista ucraniano Fedor Alexandrovich pelos campos abandonados de Chernobyl na tentativa de encontrar evidências para mais uma teoria conspiratória em torno do acidente nuclear que tomou forma sob a Cortina de Ferro da antiga URSS. Cativante e poético, o filme não procura necessariamente uma resposta, mas levanta inúmeras perguntas fundamentais sobre o destino dos países membros do antigo bloco soviético – uma faísca reacesa em meio à crise ucraniana atual.

MV5BMTQ0MjU1ODU5NF5BMl5BanBnXkFtZTgwODE1NzAyNDE@._V1_SY317_CR5,0,214,317_AL_Ram Devineni conta em primeira mão para a AIC como foi a experiência de filmar The Russian Woodkpecker: “As filmagens foram uma experiência surreal, tudo acontecendo bem na frente da gente, e acabamos de repente envolvidos na revolução ucraniana. Originalmente tínhamos planejado fazer um filme de 5 minutos para o YouTube sobre uma antena de rádio obscura que não funciona mais, perto de onde aconteceu o desastre de Chernobyl, e o filme acabou se transformando numa jornada épica em torno de uma grande conspiração no centro geopolítico. Às vezes você precisa apenas se deixar levar pelos eventos inesperados e seguir em frente.”

Vitória Brasileira

Vale lembrar também, que o Brasil trouxe um prêmio pra casa. A atriz e apresentadora Regina Casé levou o prêmio especial do juri de melhor atriz em filme estrangeiro por sua atuação em “Que horas ela volta?”, dirigido por Anna Muylaert.