Renata Druck

Renata Druck

Diretora e Produtora, graduada em Cinema pela FAAP, atua em diversos campos e formatos do audiovisual: em televisão desde 98, dirigiu vários programas para TVs a cabo, Canal Futura, GNT, entre outros. Produziu longas-metragens, curtas, documentários e programas para TV a cabo. Atualmente é a produtora executiva do curta-metragem “O Mordomo do Martinelli”, que foi contemplado pelo edital de co-patrocínio da prefeitura de São Paulo e será filmado em 2015. Foi também responsável pela produção executiva de duas coproduções internacionais filmadas do Brasil, os longas-metragens “Aviadores” (2007) e “Bad Boy” (2002) ambos dirigidos por Herbert Broedl, diretor de origem alemã que vive na Áustria.

Em 2010 e 2011 dirigiu a série de 32 episódios “É a Vovozinha!”, vencedora do Pitching Gênero Feminino TV Brasil, veiculada no mesmo canal. Também se dedica à realização de documentários, como o premiado “Nasceu Bebê Diabo em São Paulo” e “Um Rio Invisível”, sobre a intervenção urbana “Pets” do artista plástico Eduardo Srur. Também já realizou diversos documentários para instituições como Instituto Itaú Cultural, SESC São Paulo, Instituto Alfa, entre outros.

Atualmente coordena a 2a edição do programa de incentivo ao documentário brasileiro Histórias que Ficam, promovido pela Fundação CSN e dirige o projeto “Cinema em Transe”, sobre a linguagem audiovisual brasileira contemporânea, coproduzido pelo Instituto Itaú Cultural.