Maria Augusta Ramos

Maria Augusta Ramos

Diretora de cinema premiada internacionalmente. Nascida em Brasília, estudou música na UnB e cinema na Academia Holandesa de Cinema e TV em Amsterdã. Seu filme “Desi” (2000) recebeu o Prêmio de Público no Festival Internacional de Documentário de Amsterdã e o Bezerro de Ouro, prêmio mais importante do cinema holandês. “Justiça” (2004) obteve nove prêmios internacionais, como o Grand Prix no Festival Int. de Cinema Visions du Réel, na Suiça, Grand Prize de melhor filme no Festival Int. de Documentários de Taiwan, Prêmio de melhor filme no Festival Int. de Cinema de Bordeaux, França e no Play-Doc – Festival Int. de Doc.de Tui, Espanha. “Juízo” (2007), exibido na Competição Cineastas do Presente do Festival de Locarno, recebeu o prêmio da FIPRESCI de melhor filme no Festival Int. de Documentário de Leipzig, na Alemanha, o prêmio de melhor filme no One World Int. Documentary Festival em Praga e também no Watch Docs Int. Film Festival na Polônia. Seu mais recente trabalho, “Morro dos Prazeres” (2013), foi exibido nos  festivais de Rotterdam (Holanda), Cinema Du Réel (França), HotDocs (Canadá), entre outros, tendo recebido os prêmio de Melhor Direção, Som e Fotografia no 46º Festival de Brasília. Recebeu o Prêmio Marek Nowicki Prize oferecido pela Helsinki Foundation of  Human Rights  pela sua obra em dezembro de 2014.