Aída Marques

Aída Marques

Possui graduação em Lettres (equivalente ao Bacharelado em Letras – UFRJ) – Université de la Sorbonne Nouvelle (1977), Certificat d’Études Supérieres – Sorbonne Nouvelle – Paris III (1978), mestrado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996), doutorado em Artes pela Universidade de São Paulo (2002) e pós-doutorado em Artes pela Universidade de São Paulo (2012). É formada em Montagem pelo Conservatoire Libre du Cinéma Français (1977). Em sua trajetória, atuou em dezenas de filmes como montadora, produtora e diretora, tendo recebido inúmeros prêmios em todos esses campos. Concebeu e foi curadora de diversas exposições sobre o campo audiovisual, frequentemente articulando-as com ciclos de palestras e outras atividades paralelas. Atualmente é Professora Associada da Universidade Federal Fluminense, atuando principalmente nas áreas de Cinema e Literatura, Realização Cinematográfica e Produção Cinematográfica e Audiovisual. Também é editora-chefe da revista Cadernos do Forcine, vice-presidente da Associação Brasileira de Cineastas (ABRACI). Sua principal área de interesse para pesquisa situa-se no entrecruzamento de cinema, teatro e literatura, enfatizando a análise de aspectos estéticos e ideológicos na transposição de recursos e estruturas narrativas entre distintas obras produzidas por meio dessas três linguagens. Tendo publicado livros e artigos nesse campo, sua atuação engloba, também, a experimentação prática das ideias desenvolvidas nas pesquisas realizadas.