O Festival Internacional de Curtas de São Paulo na Academia Internacional de Cinema e a Academia no Festival

Dia 24 de agosto tem início a 27º Edição do Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo, promovido pela Associação Cultural Kinoforum. E além de estar bem representada no Festival, a Academia Internacional de Cinema promoverá no dia 26 de agosto, sexta-feira, a Programação em Curso, com a apresentação de cinco curtas do Festival. Após a exibição dos filmes, será aberto um bate-papo com alguns dos diretores.

Os curtas foram escolhidos por um grupo de alunos (Maria Tuca Fanchin / Adriano Cardoso / Raphael Cubacowic / Clara Hermeto) do Filmworks 04, o Curso Técnico em Direção Cinematográfica. Eles receberam 49 curtas da organização do Festival e tiveram que escolher alguns, somente.

 Filmes selecionados:

Caminho dos Gigantes – Direção: Alois de Leo (Animação)

Mains Propres – Direção: Louise Botkay

Sesmaria – Direção: Gabriela Lamas

Entretempos – Direção: Frederico Benevides e Yuri Firmeza

Ingrid – Direção: Maick Hannder e Jacson Dias

Quem Matou Eloá – Direção: Lívia Perez

 SERVIÇO:

Dia 26/08 – sexta-feira

Horário: das 17h30 às 19h30

A sessão será aberta ao público

 

A ex-aluna Isadora Maria Torres e o Diretor de Som Leonardo Bortolin, captando o som direto durante as gravações do curta. foto: Michael Willis

A ex-aluna Isadora Maria Torres e o Diretor de Som Leonardo Bortolin, captando o som direto durante as gravações do curta. foto: Michael Willis

EX-ALUNOS NO FESTIVAL

O Festival conta com a participação de cinco ex-alunos da AIC, em quatro filmes: Na Mostra Brasil, Em Panorama Paulista, tem o filme o “Crônicas do Meu Silêncio”, direção e roteiro de Beatriz Pessoa e Maria Spector, responsável pela edição e edição de som, ex-alunas da Academia; “A Moça que Dançou com o Diabo”, direção e roteiro de João Paulo Miranda, com Isadora Maria Torres, também ex-aluna da AIC, na captação do som; “Sugira Uma Alternativa Razoável” de Barbara Sturm, que já fez parte do quadro de alunos da AIC e hoje está a frente da curadoria do Festival Cineramabc que acontece em Balneário Camboriú/SC; e “Belo Fim” de Roberto Bertô, também ex-aluno da AIC.

SOBRE OS FILMES

Abrindo o Festival, “Crônicas do Meu Silêncio”; um manifesto sobre a violência contra a mulher, retratado em três depoimentos baseados em situações cotidianas. Meses atrás, as ex-alunas postaram o filme no youtube, por conta do fatídico caso de estupro no Rio de Janeiro, por entender que poderiam fazer algo pela causa em favor das mulheres.

Já, “A Moça que Dançou com o Diabo” faz uma releitura contemporânea de uma antiga lenda do interior paulista. Na versão adaptada, uma menina vive conflitos que envolvem religião e as descobertas próprias da adolescência. A Moça age de maneira contrária às tradições da igreja e acaba se envolvendo com um forasteiro conhecido como Diabo.

Crônicas do Meu Silêncio - foto: divulgação

Crônicas do Meu Silêncio – foto: divulgação

O curta “Sugira Uma Alternativa Razoável” surgiu de uma ideia de falar sobre a maneira como as pessoas se relacionam hoje em dia, conta Barbara Sturm, roteirista e diretora do projeto; “é uma forma sem muito contato visual e físico, numa dinâmica em que acreditamos que quanto mais tecnologia, mais fácil a vida se torna. A partir daí, desenvolvi um curta documental com depoimentos de pessoas próximas a mim, que seriam verdadeiras em suas declarações, e médicos que trazem um olhar científico. O título do filme dá uma ideia do tom da narrativa”.

A produção foi, praticamente, feita por Barbara e seu marido, que produziu, filmou e editou, junto de alguns amigos profissionais de cinema como Renê Brasil, técnico de som.

Sinopse: Você sabia que o cérebro interpreta o ato de ganhar um abraço ou de receber uma mensagem virtual de alguém que você gosta da mesma maneira?

Uma narrativa direta e realista, utilizando dados científicos e depoimentos de pessoas comuns, mostra como a sociedade contemporânea reage frente ao avanço das tecnologias e das conexões ilimitadas.

Belo Fim - Foto: Divulgação

Belo Fim – Foto: Divulgação

“Belo Fim” é um curta dirigido e escrito por Roberto Bertô, que “essencialmente fala sobre a falta e pensei a estrutura do filme como um quebra-cabeça incompleto… Assim, apresento fragmentos cotidianos  sobre três jovens com sentimentos intensos, mas eu escolho filmar o externo, os deslocamentos dos personagens, como se todos estivessem sendo movidos por emoções que nunca vemos. Essa escolha narrativa cria um filme aparentemente anti-dramático, mas que se sustenta pelo drama interno dos personagem” relata o diretor.

Sugira uma Alternativa Razoável - Foto: divulgação

Sugira uma Alternativa Razoável – Foto: divulgação

 O FESTIVAL

Sem caráter competitivo, o Festival apresenta números impressionantes: foram 623 filmes brasileiros inscritos; quase 10 mil minutos de narrativas curtas, além dos latino-americanos, que são 26 filmes selecionados de 12 países e da Mostra Internacional que conta com 65 filmes, vindo de 41 países.

A Mostra Internacional, Latino-americana e os Programas Brasileiros trazem um panorama das grandes questões das sociedades brasileiras e mundial sob diversos pontos de vistas, e mostram o objetivo do Festival em reunir uma pluralidade de olhares e estilos que refletem essas questões.

Além disso, o Festival ainda conta com atividades paralelas que só vêm a somar e diversificar ainda mais sua programação.

 SERVIÇO:
CRÔNICAS DO MEU SILÊNCIO – Brasil (SP)

2015 • cor • 8 min • Ficção, Documentário • 12 Anos

PROGRAMAS: Programas Brasileiros > Feminino Plural > Feminino Plural 03

Sessão de abertura do Festival:

Data: 24/08 – Quarta – 20h30

Museu  da Imagem e do Som – Av. Europa, 158

Data: 01/09 – Quinta – 17:00

Sala: Centro Cultural São Paulo – R. Vergueiro, 1000

Data: 03/09 – Sábado – 15:00

Sala: Museu da Imagem e do Som – Av. Europa, 158

PROGRAMAS: Programas Especiais > Panorama Paulista > Panorama Paulista 04

Data: 28/08 – Domingo – 21:00

Sala: Museu da Imagem e do Som – Av. Europa, 158

Data: 30/08 – Terça – 19:00

Sala: Espaço Itaú de Cinema – R. Augusta, 1.470

 A MOÇA QUE DANÇOU COM O DIABO – Brasil (SP)

2016 • cor • 14 min • Ficção, Experimental • 12 Anos

PROGRAMAS: Programas Brasileiros > Mostra Brasil > Mostra Brasil 08

Data: 28/08 – Domingo – 15:00

Sala: Centro Cultural São Paulo – R. Vergueiro, 1000

Data: 30/08 – Terça – 21:30

Sala:  CineSESC  – R. Augusta, 2075

Data: 31/08 – Quarta – 17:00

Sala: Museu da Imagem e do Som – Av. Europa, 158

  SUGIRA UMA ALTERNATIVA RAZOÁVEL – Brasil (SC/SP)

2016 • cor/pb • 13 min • Documentário • Todas as idades

PROGRAMAS: Programas Brasileiros > Panorama Paulista > Panorama Paulista 6 – Prata da Casa

Data: 29/08 – Segunda – 19:00

Sala: Espaço Itaú de Cinema – R. Augusta, 1.470

Data: 01/09 – Quinta – 19:00

Sala: Museu da Imagem e do Som – Av. Europa, 158

BELO FIM – Brasil (SP)

2016 • cor • 14 min • Ficção, Experimental • 16 Anos

PROGRAMAS: Programas Brasileiros > Panorama Paulista > Panorama Paulista 4

Data: 28/08 – Domingo – 21:00

Sala: Museu da Imagem e do Som – Av. Europa, 158

Data: 30/08 – Terça – 19:00

Sala: Espaço Itaú de Cinema – R. Augusta, 1.470