Hoje, no MIS, Mostra de Documentário AIC

Dia 02 de setembro acontece a já tradicional Mostra de Documentário da Academia Internacional de Cinema – AIC, com a exibição das produções feitas pelos alunos do Curso de Documentário do primeiro semestre de 2013.

A Mostra, que acontece todo semestre ao final de cada edição do curso, será no Museu da Imagem e do Som – MIS, às 19h e contará com a presença de professores, alunos e convidados.

Foto documentário "Casa do Povo"

Foto documentário “Casa do Povo”

Ilana Feldman, coordenadora do curso, conta que o tema da mostra é o Espaço da Memória, “que engloba a memória individual e a coletiva, o personagem e o espaço, o privado e o político, o presente carregado de passado. Temos seis filmes que compõem a mostra, a partir dos temas e das abordagens as mais diversas. Assim como os filmes realizados, a memória se expressa de maneira sempre heterogênea”, conta.

Julia Feldens, aluna do curso e uma das autoras do documentário “Casa do Povo” – que conta a história da casa de arquitetura modernista construída nos anos 50, no bairro do Bom Retiro, comenta: “o grande mérito do curso é exercitar no aluno um olhar mais sensível, mais afinado, uma percepção diferente sobre o que vemos. Se buscamos sempre o real dentro da ficção, no documentário podemos subverter esse olhar e brincar de achar a ficção no real.” Julia revela ainda que ao fazer o filme descobriu que “sobre qualquer tema podemos achar o extraordinário. Ele está ali pronto para ser descoberto”.

 

Programação:

 

Cena de "Dois pra lá... Dois pra cá"

Cena de “Dois pra lá… Dois pra cá”

“Dois pra lá… dois pra cá”

Ex-frequentadora de tradicionais bailes de São Paulo relembra momentos marcantes de sua vida enquanto se prepara pra voltar após décadas de ausência. Sua visão romântica é confrontada com relatos de um dançarino que nunca se ausentou dos bailes.

Integrantes: Luiz Augusto Andreoli de Oliveira Dias, Ricardo Augusto Perrone Domingues, Cesar Medeiros e Wellington Rodrigues

“Mão Única”

O filme conta a história de Vera Helena, que desenvolveu um jeito particular de se comunicar com a mãe, vítima de Alzheimer. Quando a doença ainda estava em estágio inicial, dona Antônia ditava para a filha relatos sobre diversas passagens de sua vida. Hoje esses fragmentos de memória ajudam as duas a manter uma ligação muito especial.

Integrantes: Claudia Belfort, Katia Geiling, Solanita Camargo, Yula Brandão

Foto documentário "Mão Única"

Foto documentário “Mão Única”

“Educandário”

Um filme sobre filhos de pessoas com hanseníase internadas em hospitais-colônias. Logo depois do parto, essas crianças eram levadas para abrigos, onde viviam até a adolescência. O documentário resgata as lembranças do isolamento e a busca por reparação.

Integrantes: Daniele Garcia, Juliana Bartorilla, Luisa Pascoareliz, L. C. Bragança de Pina

“Casa do Povo”

Construída nos anos 50 no bairro do Bom Retiro, em São Paulo, a Casa do Povo, de caráter progressista, ainda respira. O vazio revela os estilhaços da memória e projeta novos corpos.

Integrantes: Jean Carlos Corrêa, Julia Feldens, Marília Senlle, Sabrina Haick, Van Der

“Zará”

Uma saudação ao tempo, que passa a seu modo na Cidade Tiradentes, bairro com a maior concentração de conjuntos habitacionais populares da América Latina. Nesse labirinto de grandes muros, a sociabilidade emerge quando três amigos se juntam para falar de poesia e da própria convivência.

Cena de "Zará"

Cena de “Zará”

Integrantes: Amanda Kamanchek, Desirée Furoni, Patrick Nóbrega, Fernando Trevisan (Catatau), Rafael Beraldo, Lourival Sant’Anna

“Nuts”

Colecionismo é um tema anacrônico e que sempre desperta muita curiosidade e pontos de vista totalmente diferentes. Há os que acreditam piamente que se trata de uma doença. Outros que veem no colecionismo a porta de entrada para questões ainda mais fortes como o ‘acúmulo exagerado e descontrolado’. Há também aqueles que veem no Colecionismo apenas uma fuga, um escapismo para fugir da realidade. Existem ainda aqueles que vivem para o Colecionismo, existem aqueles que vivem do Colecionismo. DJ NUTS é um exemplo desses: colecionador de vinis que vive o distanciamento temporal e espacial dos discos que coleciona e, no entanto é quem dá a vida a algo que se perdeu no passado.

Integrantes: Ana Raquel Renovatto, Leandro Mantovani, Dimitri Caldeira

*Foto destaque: documentário “Educandário”

Para participar da mostra faça sua inscrição: