Metanoia estreia nos cinemas

metanoia_poster“Metanoia”, longa dirigido pelo ex-aluno Miguel Nagle, chega aos cinemas brasileiros dia 14 de maio com uma importante missão: espalhar uma mensagem de esperança, principalmente, entre àqueles que direta ou indiretamente sofrem com um dos maiores dramas da contemporaneidade: a epidemia do vício do crack.

O filme conta a história de Eduardo, um jovem que cresceu no Jardim Angela (periferia de São Paulo), seu envolvimento com o crack e as tentativas de sua mãe para tirá-lo das drogas. “A ideia do filme surgiu de uma história que o Caíque Oliveira (ator e produtor do filme) ouviu sobre um jovem que foi preso em casa, numa jaula, para conter sua abstinência do crack. Pegamos esse recorte, misturamos com o universo da cracolândia e escrevemos o roteiro. Produzi-lo foi uma experiência enorme, tanto profissional quanto de vida. Filmamos na cracolândia, entramos nesse submundo dos usuários de drogas. O bacana foi poder contar um pouco dessa realidade que às vezes fica invisível e, quem sabe, despertar a sociedade para esse problema”, diz Miguel que cursou o FILMWORKS – o curso de Formação Profissional em Cinema da Academia Internacional de Cinema (AIC).

metanoia

Caíque Oliveira (ator e produtor do filme) em cena na cracolândia.

“A pré-estreia foi a realização de um sonho. Depois de anos – vai fazer dez anos que estou estudando e trabalhando com cinema, ter uma pré-estreia do primeiro longa como diretor nos cinemas brasileiros é um sonho. E agora estou ansioso com a estreia para o público, no dia 14. A pré-estreia teve uma boa repercussão, as pessoas adoraram o filme”, conta Miguel.

O diretor Miguel Nagle durante as gravações do longa que estreia quinta-feira nos cinemas do Brasil.

O diretor Miguel Nagle durante as gravações do longa que estreia quinta-feira nos cinemas do Brasil.

Além da importância social do filme, parte da renda arrecadada com a sua exibição será destinada à construção de uma clínica de tratamento para artistas usuários dependentes do crack.

“Metanoia” recebeu 8 estatuetas no 2º Festival Nacional de Cinema Cristão e contou com a participação de vários ex-alunos da AIC e um professor: Julian Ludwid, o professor responsável pela edição de som do filme; e os ex-alunos Thogun Teixeira, ator; Josy Antunes, diretora de arte; Eliane Golliver, 1ª assistente de arte; Daniela Risk, platô; o diretor de fotografia foi o Gabriel Chiarastelli; Leo Grego, 1º assistente de fotografia; Luiz Paulo Xein, chefe de maquinaria e elétrica; Nath Braz, 2ª assistente de direção; e Rogério Salgado, 1º assistente de fotografia.

O filme é uma coprodução da Companhia de Artes Nissi e 4U Films e conta com a distribuição da Europa Filmes. A programação dos horários de exibição nos cinemas será divulgada apenas na quarta-feira (13). Mas, já dá pra conferir aqui, na página no filme no Facebook, o nome dos cinemas que irão exibir o filme.

Assista ao Trailer: