“Mataram Meu Irmão” ganha prêmio de crítica no Festival Sesc

Cristiano Burlan – ex-aluno e professor da Academia Internacional de Cinema (AIC), recebeu mais um prêmio na última quarta-feira (2) pelo documentário “Mataram Meu Irmão”. Foi eleito pela crítica o melhor documentário nacional no 40º Festival Sesc Melhores Filmes, concorrendo ao lado de outros 365 grandes filmes.

O longa de ficção “O Som ao Redor”, de Kleber Mendonça Filho, foi o destaque da noite, com sete estatuetas. Todos os filmes ganhadores entram hoje em cartaz no CineSesc e poderão ser assistidos a preços populares.

Nesta temporada do Festival Melhores Filmes, o público poderá conferir os títulos nacionais: “O Abismo Prateado”, de Karim Aïnouz; “Doméstica”, de Gabriel Mascaro; “Cine Holliúdy”, de Halder Gomes; “Elena”, de Petra Costa; “Educação Sentimental”, de Julio Bressane; “Flores Raras”, de Bruno Barreto; “Faroeste Caboclo”, de René Sampaio; “Hoje”, de Tata Amaral; “Mataram Meu Irmão”, de Cristiano Burlan; “Minha Mãe É Uma Peça”, de André Pellenz; “Olhe pra Mim de Novo”, de Kiko Goifman, Claudia Priscilla; “O Som ao Redor”, de Kleber Mendonça Filho; “São Silvestre”, de Lina Chamie; “Repare Bem”, de Maria de Medeiros; “Uma História de Amor e Fúria”, de Luiz Bolognesi; e “Tatuagem”, de Hilton Lacerda.

*Imagem divulgação. Fonte: Site Festival Sesc Melhores Filmes