Inês Efron inaugura unidade carioca da Academia Internacional de Cinema

IMG_9779

Inês assinando o poster do filme “XXY”, uma tradição da AIC.

A atriz argentina Inês Efron encantou a todos com sua doce timidez, ontem, no primeiro bate-papo da Semana de Orientação 2015 e inauguração da unidade carioca da Academia Internacional de Cinema. Com apenas 30 anos e um olhar azul sereno e enigmático, Inês cativou a plateia, que encheu o novo estúdio da escola.

Inês, que se intitula uma atriz intuitiva e verdadeira, contou sobre sua formação na escola de Norma Moseinco e como conheceu a preparadora de elenco, ainda com 19 anos, em um programa de TV. “Era uma espécie de noticiário, onde os jovens exploravam sua criatividade, sem as amarras de um roteiro tradicional”. Ainda falando de Norma, contou sobre o seu método que concentra todas forças no potencial lúdico de cada ator, fazendo com que cada um imprima sua forma mais natural e íntima de atuar, deixando pra traz todos os preconceitos.

Os sócios-fundadores da AIC, Steven Richter e Flávia Rocha, abrindo o evento.

Os sócios-fundadores da AIC, Steven Richter e Flávia Rocha, abrindo o evento.

Logo abriu para perguntas e respondeu a todos as curiosidades e questões técnicas. Falou sobre o trabalho com grandes diretores argentinos, entre eles Lucrécia Martel, Lucía Puenzo e Gustavo Taretto. Contou sobre a Alex, sua personagem em “XXY”, e sobre o nervosismo de atuar com Ricardo Darín “foi muito bom trabalhar com ele, ele é um excelente ator, entende um pouco de tudo no set, é muito lúcido e faz a cena fluir com tranquilidade”.

Também mencionou sobre sua necessidade de ser “dirigida” pelo diretor. “O diretor precisa ser a consciência do ator, precisa guiar o ator. O roteiro é apenas um vínculo com a história”, disse.

Inês Efron e o estúdio cheio na nova unidade da AIC, no Rio de Janeiro.

Inês Efron e o estúdio cheio na nova unidade da AIC, no Rio de Janeiro.

Além do bate-papo com Inês, os participantes do primeiro dia de evento puderam conhecer o casarão que sedia a escola, curtir filmes dos alunos que estavam sendo projetados no Jardim Suspenso em cima do estúdio e apreciar a belíssima vista do Cristo Redentor ao entardecer.

Hoje Inês Efron estará na AIC São Paulo e no Rio, o bate-papo será com o crítico de cinema André Miranda.

*Fotos de Duda Tavares