Gustavo Taretto fala do sucesso de Medianeras

Palestrante da quarta-feira (8) na Semana de Orientação, o premiado diretor argentino Gustavo Taretto falou sobre a boa receptividade de “Medianeras” na América Latina e no mundo. Só no Brasil, o filme já fez mais de 80 mil espectadores, além de 70 mil na Argentina e quatro meses em cartaz na França. “Acho que, de certa forma, consigo me comunicar muito bem com estes três povos. Há algo no filme que conecta estas regiões do mundo”, disse ele.

Gustavo falou também sobre as dificuldades de realização e captação de recursos na Argentina e que momentos de crise financeira nem sempre são negativos. “É em momentos de crise que se afloram as melhores ideias cinematográficas. Vemos isso não só na Argentina, mas também no Irã, na Europa etc.”

Por fim, Gustavo refletiu sobre as perspectivas da carreira em cinema para os estudantes de Filmworks. “Dinheiro não se consegue fácil, nem sempre ele é distribuído de forma justa. Mas ver a reação de 80 mil brasileiros a um filme seu, de outro país, vale todos os sacrifícios da carreira.”

 

 

*Foto Gustavo Lourenço