‘Arthur e o Infinito’, de ex-aluna, tem pré-estreia no MIS/SP

O média metragem Arthur e o Infinito tem sua primeira exibição pública na noite desta terça (13/11) no Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS/SP), com duas sessões gratuitas exibidas em sequência, marcadas para as 21h e 22h.

O filme, produzido como trabalho de conclusão, foi dirigido pela aluna Julia Rufino, que formou-se no ano passado no  Filmworks (clique aqui para saber mais informações).

O ENREDO

A compaixão do amor materno incondicional que serve de exemplo de como devemos cuidar uns dos outros é o pano de fundo da ficção, com aproximadamente 40 minutos. Os personagens centrais são Marina e César, pais de duas crianças: Sofia ,de 10 anos, e Arthur, de 6.

Quando Arthur tinha um ano e meio de idade, começou a apresentar um comportamento diferente das outras crianças, com uma comunicação difícil. Ele parecia não ouvir quando seus pais o chamavam e quase não demosntrava contato visual com seus interlocutores.

Preocupados, os pais procuraram médicos e especialistas numa longa busca que só terminou quando Arthur completou seis anos e foi diagnosticado como autista. Ao passar por momentos difíceis e desafiadores, a mãe Marina coloca em questão a sua capacidade de lidar com o filho e todos os problemas decorrentes dessa situação.

A ideia da história, segundo Julia, é contagiar as pessoas com uma mensagem positiva, motivando-as, mesmo que os problemas com um filho pareçam grandes: “O objetivo é o de tentar trilhar um possível caminho e o de inspirar pessoas para talvez fazerem o mesmo ou algo parecido.”

Com poucas verbas para investir, ainda durante o curso, a diretora teve uma sacada para viabilizar a produção do filme: participar de um projeto de financiamento coletivo, do tipo crowdfounding, no site Catarse. “Assim teríamos uma chance maior de conseguir uma verba direta em pouco tempo, sem depender de leis de incentivo ou editais, o que nos tomaria muito tempo e não conseguiríamos rodar o filme a tempo”, explica Julia Rufino.

A ideia deu tão certo que a meta de R$23mil foi superada com o apoio de 96 apoiadores, totalizando R$26.610. Veja em seguida o vídeo divulgado para arrecadar fundos para o projeto:

Agora com o filme pronto, logo depois da estria no MIS/SP, a diretora pensa em colocar Arthur e o Infinito em festivais nacionais e internacionais, assim também como pretende  divulgá-lo em as instituições, associações e escolas. “Quero exibir para o maior número de mães, pais e/ou pessoas que convivem com essas pessoas. Temos também a intenção de negociar a exibição com algum canal de televisão“, completa Julia.

SAIBA MAIS:

Ficou interessado?

Assista ao vídeo abaixo e vá hoje de noite (21h e 22h) ao MIS/SP pra prestigiar. É grátis!

Os ingressos precisam ser retirados com uma hora de antecedêncîa.

O MIS/SP fica na Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo.
Tel: 11 2117 4777.

Curta também a fanpage do filme no facebook.

Trailer de Arthur e o Infinito:

Ficha Técnica:

Elenco:
Marina – Maria Tuca Fanchin; Arthur – Erich Schon; César – Roberto Skora; Sofia – Giovana Georgia;
Helena – Nadir Cherubini; Dr. Paulo – Santo Veiga; Mulher da Associação – Katia Cipris

Equipe:
Roteiro e Direção – Julia Rufino; Assistência de Direção – Yara Guzman; Direção de Produção – Ruy Octavio de Melo; Assistência de Produção – Tatiana Mattos, Nivea; Produção de Locação – Rogerio Freua; Direção de Fotografia – Rogerio Che; 1 ˚ Assistente de Fotografia – Joe Furukawa; 1˚ Assistente de Fotografia – Eduardo Yamanaka; Elétrica – Everas Santos; Logger – Mauricio Svartman; Continuidade – Monique Lourenço;
Direção de Arte – Caravana Coletivo de Arte; Supervisão – Dicezar Leandro; Cenografia – Nádia Figueiredo, Guilherme Rufino, Tatiane Demarchi; Assistência  – Ana Luiza Cencini; Figurino – Marina Veríssimo; Produção de Arte – Fernando Gherini; Produção de Objetos – Nádia Figueiredo,  Tatiane Demarchi; Produção Gráfica – Guilherme Rufino; Contra-Regra – Lindembergh Gondi; Maquiagem - Christel Mentges, Monique Lourenço Lemos; Som Direto e Sonoplastia – Kiko Tchilian; Montagem – Gabriel de Paula; Colorização – Houdini Loc; Trilha Sonora – Zé Godoy e assistente Fernando Gherini; Mixagem – Gus Pereira; Finalização em After Effects – Guilherme Rufino; Finalização em Blu-Ray e HDCAM – Houdini Loc

Créditos:
Reportagem e edição: Paulo Castilho.
Fotos: divulgação.