Alunos em Festivais

vidas ausente

Cena de “Vidas Ausentes”, que conta a história de Rosa, uma imigrante boliviana que trabalha em uma fábrica de costura clandestina em São Paulo.

Julho está chegando ao fim e neste mês muitos filmes de alunos da Academia Internacional de Cinema (AIC) foram selecionados para diversos festivais. Confira a lista!

Armat Jakawinaka – Vidas Ausentes

“Armat Jakawinaka – Vidas Ausentes”, do aluno Ronaldo Dimer, está em mais dois festivais. No Cine Direitos Humanos e no 10º Festival de Cinema latino-americano de São Paulo, que começa no próximo dia 30.

O filme conta a história de Rosa, uma imigrante boliviana que trabalha em uma fábrica de costura clandestina em São Paulo e descobre que está grávida. “O filme foi pensado como uma oração ao silêncio imigrante. É difícil fazer um filme que tenha no seu conteúdo temas como o trabalho escravo, por isso tentamos não seguir por essa linha diretamente. A Rosa, personagem principal, quer continuar vivendo em São Paulo, mas não sabe como conciliar isso com a gravidez, já que o dinheiro que ganha seria insuficiente para manter um filho. Rosa convive com seu colega de trabalho, Alberto, também imigrante e apaixonado por uma brasileira, mas mantém um filho doente na Bolívia. A história se revela através da cumplicidade desses dois personagens que vivem ambos o vazio e a falta de uma outra pessoa. Alberto precisa de Rosa para que sua conquista seja bem sucedida e Rosa de Alberto para resolver seu impasse com a gravidez e a permanência na cidade”, conta Ronaldo que além de dirigir o filme também escreveu a história ao lado do aluno Victor Amaro.

Som da Gota

cartaz_somdagota2“Som da Gota”, dirigido pelo ex-aluno Marcos Barbosa, entrou no Festival 7º Festival de Cine del Medio Ambiente – Sembrando Cine Peru, um festival itinerante com temática social e ambiental que começou em junho e acaba no final do mês de julho.

Em meio à uma crise de abastecimento de água, Moisés e Amparo, um jovem casal que habita uma pequena casa na periferia de uma grande cidade no Brasil, são obrigados cuidar dos afazeres do lar – lavar a louça, tomar banho, armazenar água para os dias seguintes – em meio à madrugada, quando são despertados pela chegada da água à caixa d’água.

Virgens

O documentário “Virgens”, dirigido pelo ex-aluno Victor Ribeiro, sobre a obra da artista plástica Bruna Mayer entrou no 8º Los Angeles Brazilian Film Festival, que acontece de em setembro. Assista ao trailer:

TRAILER VIRGENS from Victor Ribeiro on Vimeo.