Academia Internacional de Cinema premia Melhores Filmes na 13ª Goiânia Mostra Curtas

No último domingo (13), o professor de cinema Cláudio Gonçalves, esteve em Goiânia para entregar dois prêmios em nome da Academia Internacional de Cinema (AIC), para os vencedores de duas categorias da 13ª edição da Goiânia Mostra Curtas, Melhor Filme da categoria Curta Mostra Municípios e Melhor Filme da categoria Curta Mostra Goiás. Os dois vencedores ganharam, cada um, uma bolsa para o Curso de Cinema – Intensivo de Férias, que acontece em janeiro de 2014.

Na Curta Mostra Municípios, que contempla filmes produzidos fora das capitais, o grande vencedor foi “Ruído Branco”, dirigido por Mateus Neiss e Lucas Sá, de Pelotas – RS. Na Curta Mostra Goiás, que abre espaço para a produção goiana, o prêmio de melhor filme ficou com “Carrossel”, de Rafael de Almeida.

O professor Cláudio, que entregou os prêmios, gostou muito de participar do evento e conhecer um pouco do que é feito por lá. “Infelizmente não deu pra ver muitos filmes, mas o pouco que vi me surpreendeu. Rolou uma programação intensa com debates e oficinas durante o dia e exibição dos curtas à noite. A cerimônia de premiação foi bem bacana. Subi ao palco duas vezes para entregar as bolsas. O mais legal foi ver que há um respeito bastante grande pela nossa escola de cinema, a AIC. As pessoas têm ótimas referências da escola. Isso ficou claro nas conversas com pessoas que trabalharam na organização da mostra e nas conversas com realizadores de outros Estados”, contou.

Ao todo a Mostra exibiu 90 filmes de 14 estados, entre os dias 8 e 13 de outubro. “Não tenho dúvidas de que essa premiação e a realização do festival em si possa motivar a produção audiovisual goiana, que se encontra num momento de ebulição e amadurecimento”, comenta a coordenadora geral da 13ª Goiânia Mostra Curtas, Maria Abdalla.